2016 - Brujah - Rob Beckett

Applicant Name:
Rob Beckett
Applicant Email: Home Chronicle:

Introduction and Background:

I’ve been role playing for the last twenty five or twenty six years. My experience in RPGs include all of the old standbys; D&D, AD&D, SHADOWRUN, CYBERPUNK, GURPS (I miss this game) and quite a few others. I’ve been playing Vampire since 1991 when I first saw it on the shelf. I’ve been gaming in OWbN for about 13 or 14 (November 1998) years now. In that time I’ve played all of the standard clans and a couple of R/u characters.

I’ve learned a few things in my time with the org. Some of those are the things that you would expect, cooperation, the ability to communicate my ideas to a larger group of people, and how to concede a point when necessary. Other things I’ve learned are of a more personal nature. I’ve learned, in a large part thanks to people in the org, who I am as a person. My own personal strengths and weaknesses are more relevant to me now than they were those many years ago.

 

When I first came into OWbN I was amazed at the differences between how I’d perceived the game previously and how it was presented here. There was some adjustments I had to make. The Tremere were shown to have a significantly more rigid hierarchy than I’d ever considered, while clans like the Brujah and the Toreador seemed to be universally the same. Now, in 2014, I’m so very glad that I took the time to make that adjustment.

 

As the years go on, that thing we call genre continues to evolve, to leave the printed material behind.

 

Introduction and Background (Portuguese):

Estive jogando RPG nos últimos vinte e cinco ou vinte e seis anos. Minha experiência em RPGs incluem todas as coisas velhas; D&D, AD&D, SHADOWRUN, CYBERPUNK, GURPS (Eu sinto falta desse jogo) e mais algumas outras. Joguei Vampiro desde 1991, quando eu vi pela primeira vez na prateleira. Eu venho jogado no OWbN por cerca de 13 ou 14 anos (Novembro de 1998). Nesse tempo eu joguei em os clãs padrão e um par de personagens R/U.

Eu aprendi algumas coisas no meu tempo na org. Algumas das pessoas são as coisas que você esperaria, a cooperação, a capacidade de comunicar as minhas ideias a um grupo maior de pessoas, e como a ceder em um ponto quando necessário. Outras coisas que eu aprendi são de natureza mais pessoal. Eu aprendi, em grande parte graças às pessoas no org, quem eu sou como pessoa. Minhas próprias forças e fraquezas pessoais são mais relevantes para mim agora do que eram muitos anos atrás.

 

Quando eu cheguei em OWbN fiquei maravilhado com as diferenças entre como eu tinha percebido o jogo anteriormente e como ele foi apresentado aqui. Houveram algumas mudanças que eu tive que fazer. Os Tremere foram mostrados tendo uma hierarquia significativamente mais rígidas do que eu já havia considerado, enquanto clãs como o Brujah e Toreador parecia ser universalmente os mesmos. Agora, em 2014, estou muito feliz que eu tirei um tempo para fazer esse ajuste.

 

Como o passar dos anos, essa coisa que chamamos de gênero continua a evoluir, deixando o material impresso para trás.

 

Administrative Experience:

In my day to day life I provide technical support to multiple international companies. This is a standard technical support role. Previously, I have helped to manage the telephone staff for the Techincal Support Queue of a world wide ISP. I also provide training for the local office of this support queue. Training classes are up to twenty-five people with three weeks of class room time where they learn the essential skills necessary to troubleshoot issues with the service and software our parent company provides and two weeks of on the job training where they learn to put those skills to use.

 

I have managed a database of over 50,000 entries and ensured that, when modifications had to be made to this database, it was done in a manner which allowed the telephone team of a non-profit group for whom I worked to perform their duties without interruption. I’ve managed both retail locations and restaurants as well.

In my gaming life, I’ve been the administrative storyteller for a number of WW based chronicles. These duties have included but not been limited to organization of and management of character sheets, ensuring that appropriate learn times (for the games that have used them) have passed before experience points are allowed to be spent and planning/ensuring that the metaplot for the games in question continue apace.

 

I have been a ST and Narrator in Tampa: UNC. I also co-founded Saint Petersburg: FOC and was still on staff when it joined the org. I’ve STed for and narrated for numerous troupe games ranging in genre From Vampire to Mage, to Wraith and Others.  I have something around a decade STing and Narrating in OWbN games.  I also have 20 years of experience outside of OWbN. Much of that has been in troupe games, which has allowed me to see what works in OWbN and outside of the org.  

 

Coord Team Experience:

 

Malkavian Sub: 2008ish-2012 - Southeast sub, seers list mod.

 

Setite Sub: Late 2009-mid 2011 (This is approximate): Helped organize/restructure genre for the  Citizen Caste and assisted in writing the Cult Packet

 

Demon Coordinator: 2011- 2013 Term: Restructured how infernalism works in OWbN. Provided multiple packets (Infernalism, Baali and a Dark Thaum Packet called the Dark Grimoire). Assisted in Coordinating the Year of Fire. Got a lot of headaches =).

 

Brujah Changed Sub-coord 2014-2015 term: Wrote and implemented most aspects of the “Seasons of Change” storyline. Began work to organize the changed into something more than a disparate group of individuals.

 

Administrative Experience (Portuguese):

Na dia a dia da minha vida eu presto apoio técnico para várias empresas internacionais. Esta é uma função padrão de suporte técnico. Anteriormente, ajudei à gerir telefones pessoais para a fila de suporte técnico de uma ampla ISP mundial. Eu também forneço treinamento para o escritório local dessa fila de suporte, dando aula para turmas de até vinte e cinco pessoas, com período de sala de aula de cerca de três semanas de tempo, onde eles aprendem as habilidades essenciais necessárias para solucionar problemas com o serviço e software da nossa empresa-mãe fornece e há ainda duas semanas de treinamento on the job, onde eles aprendem a colocar essas habilidades em uso.

 

Eu administrei um banco de dados de mais de 50.000 entradas e assegurei que quando modificações tiveram que ser feitas neste banco de dados, foram feitas de uma forma que permitiram que a equipe de telefonia de um grupo sem fins lucrativos, para quem eu trabalhava, pudesse desempenhar suas funções sem interrupção . Eu consegui ambos, os locais de varejo e restaurantes, com sucesso.

Na minha vida de jogador, eu fui storyteller administrativo para uma série de crônicas baseadas na WW. Essas tarefas incluem, mas não se limitando à, organização e gestão das fichas de personagens, garantir o tempo apropriado de aprendizado (para os jogos que tenham esse controle), passando desde os pontos de experiência que são permitidos a serem gastos e planejando/garantindo que os metaplot para o jogos em questão continuem em ritmo acelerado.

 

Tenho sido um ST e Narrador em Tampa: UNC. Eu também co-fundei Saint Petersburg: FOC e ainda estava no staff quando aderimos à org. Eu tenho sido ST e narrados para inúmeros grupos de jogo que variam em gênero desde Vampiro à Mago, Aparição e Outros. Eu tenho algo em torno de uma década sendo ST e Narrandor em jogos do OWbN. Eu também tenho 20 anos de experiência fora do OWbN. Muito desses anos em grupos de jogo, o que me permitiu ver o que funciona no OWbN e o que funciona fora da org.

 

Experiência em Times de Coordenação:

Malkavian Sub: De 2008 à 2012 - Southeast sub, moderador da lista de videntes.

Setita Sub: Final de 2009 à meados de 2011 (Aproximadamente): Ajudei à organizar gênero / reestruturar a Casta de Cidadão e ajudar à escrever por escrito o Cult Packet.

Demon Coord: 2011- 2013 Mandato: Reestruturado como infernalismo funciona no OWbN. Forneci multiplos packest (Infernalismo, Baali e um Dark Thaum Packet chamado de Dark Grimoire). Assistência na coordenação do Ano de Fogo. Recebi um monte de dores de cabeça =).

Brujah Changed Sub-coord 2014-2015 mandato: Escrevi e implementei a maioria dos aspectos do enredo "Seasons of Change". Comecei o trabalho de organizar a transformação em algo mais do que um grupo díspar de indivíduos.

 

 

Personal Statement:

Gaming with OWbN has been one of my primary hobbies for more than a decade. I have enjoyed giving back to the org as both a sub coord and a coord and would like to continue my work.

Personal Statement (Portuguese):

Jogar no OWbN tem sido um dos meus hobbies principais há mais de uma década. Eu gostaria de retribuir para a org tanto como sub coord quanto como um coord, e gostaria de continuar meu trabalho.

Goals:

My goal as Brujah Coordinator is actually pretty simple. In the last couple of terms there has been some heavy handed use of coord level NPCs. With respect to Brujah genre, I’d like to see things like the Justicar move to the background and into the role they were designed for.  While there is indeed use for such NPCs and they should make appearances, I believe that they should be less Center stage. There is a perception that if you don’t like something in the Clan, you go to your Justicar to fix it. thus many people (I’ve been guilty of this also) deal with their Justicar while ignoring or being ignorant of the other Coord Level NPCs that may be able to help resolve an issue. I would like to help remove this perception by bringing those other NPCs into a position to assist with the direction the clan moves while retaining NPCs like the Justicar to guide the political views appropriate to that office.

 

People have asked me “but what about the changed?” I think that the Changed are a great storytelling device. Obviously, I can’t speak definitively regarding the last couple of years (pre2015) simply because I was not in the loop. What i have been told by several people however, is that the Changed have been being used, effectively, as target practice for the traditional Brujah, that the Coord team has been pushing a “civil war” but not providing administrative ooc aid to both sides. I do not know if this is the case and won’t know unless I win and take office and can look at the situation. I believe that the changed represent a useful tool and that much like other clans that have undergone meta changes in WW Canon, this has the potential to be an epic story. I would like to do the following regarding this aspect of the clan:

  1. Review what’s actually happened up to this point so that I can make the right decisions.

    1. There is precedent in WW canon to support the change that we made wit the death of Troile. Clans change and expand and sometimes disappear to be replaced by something new. The changed represent the potential for any of these things to happen.

  2. Allow the changed to embrace if they find players willing to take on the challenge.

    1. This does not mean opening the floodgates. It means recognizing that we, as an organization, created several unique bloodlines and allowing those bloodlines to be played.

    2. I don’t believe that it is the job of the coord’s office to act in such a way as to wipe out distinct bloodlines. Moderating and guiding genre are the goals.

  3. Offer ooc administrative support in the form of NPCs to STs and players alike so that these players don’t feel neglected.

    1. The coord’s office should remain neutral in any such conflict. Administratively offering support to both sides allows us to do that while allowing the players to pursue (or not) this story.

  4. If appropriate, use this as a springboard for an actual Brujah civil war that shakes up the clan (this started in 2015 with the Seasons of Change Story. It will continue into 2016 as that story progresses in the background and moves to the foreground).

 

What I don’t plan to do is further deregulate the teaching of Temporis. That is and so far as I am concerned shall remain firmly controlled by the Brujah office. That said, I do believe that a poll regarding the current regulation, submitted to STs and CMs so that I can get a feel for what the org wants is in order.

 

Communication -

 

This year has seen amazing communication between chronicles and org level administrators. I think that it’s been a great step forward from where we were several years ago. I’d like to see that level of communication continue to grow.

Packet Review -

While I cannot promise a whole new packet, I have been informed that a large portion of the Brujah player base would like the current one updated. I plan to review and see what we can do about providing that update. This would include information for those playing Brujah Antitribute.3

Goals (Portuguese):

Meu objetivo como Coordenador Brujah é realmente muito simples. No último par de termos tem havido um uso pesado de NPCs de nível Coord. Com relação ao gênero Brujah, eu gostaria de ver as coisas como o Justicar movido para o plano de fundo e no papel que eles foram projetados para ser. Se for necessário utilizar um desses NPCs e eles devam fazer aparições, eu acredito que eles deveriam ser menos centro das atenções. Há uma percepção de que se você não gosta de alguma coisa no Clã você vai até o seu Justicar para corrigi-lo. Assim, muitas pessoas (eu já fui culpado disso também) tratam com o Justicar, ignorando ou sendo ignorado dos outros NPCs de nível Coord que podem ser capazes de ajudar a resolver um problema. Eu gostaria de ajudar a remover essa percepção, trazendo os outros NPCs para uma posição de ajudar com a direção que clã se move, enquanto NPCs de retenção, como o Justicar, seguem orientando as opiniões políticas adequadas para o escritório.

 

As pessoas me perguntam "mas e sobre o Changed?" Eu acho que o Changed são uma grande ferramenta para contar histórias. Obviamente, eu não posso falar definitivamente sobre o último par de anos, simplesmente porque eu não estive no circuito. No entanto, o que eu tenho dito para várias pessoas é que os Changed foram sendo usados, de forma eficaz, como prática de alvo para os Brujah tradicionais, que a equipe Coord foi forçada para uma "guerra civil", mas não forneceu ajuda administrativa OOC para ambos os lados. Eu não sei se este é o caso e não irei saber a menos que eu ganhe e assuma o cargo e puder olhar para a situação. Eu acredito que os Changed representam uma ferramenta útil e que muito parecido com outros clãs que foram submetidos a meta mudanças no WW Canon, isso tem o potencial de ser uma história épica. Eu gostaria de fazer o seguinte em relação a este aspecto do clã:

  1. Rever o que realmente aconteceu até este ponto para que eu possa tomar as decisões corretas.

    1. Há um precedente no canon WW para apoiar a mudança que nós fizemos para a morte de Troile. Clãs mudam e se expandem e às vezes desaparece, para serem substituídos por algo novo. A mudança representa o potencial de qualquer uma dessas coisas acontecerem.

  2. Permitir que os changed abracem, se eles encontrarem jogadores dispostos a assumir o desafio.

    1. Isso não significa abrir as comportas. Significa reconhecer que nós, como uma organização, criamos várias linhagens únicas e permitir que essas linhagens sejam jogadas.

    2. Eu não acredito que é o trabalho do escritório de coord agir de forma a acabar com linhagens distintas. Moderar e orientar gênero são os objetivos.

  3. Oferta de apoio administrativo sob a forma de NPCs para STS e jogadores para que estes jogadores não se sintam negligenciados..

    1. O escritório coords deve permanecer neutro em conflitos de interesses. Administrativamente oferecendo suporte para ambos os lados, fazer isso permite que os jogadores possam escolher em perseguir (ou não) esta história.

  4. Se for apropriado, usar isto como um trampolim para uma verdadeira guerra civil Brujah que sacuda o clã (que pode, obviamente, exigir uma proposta específica).

 

O que eu não pretendo fazer é desregulamentar o ensino de Temporis. Isto é e, tanto quanto eu estou preocupado, devem permanecer firmemente controlada pelo escritório Brujah. Dito isto, eu acredito que uma votação a respeito da regulamentação em vigor, submetida a STs e CMs para que eu possa ter uma idéia de o que o org quer está em ordem.

 

Comunicação-

 

Este ano a comunicação foi incrível entre as crônicas e administradores da org. Eu acho que isso foi um grande passo em frente de onde estávamos há vários anos. Eu gostaria de ver esse nível de comunicação continuam a crescer.

 

Packet Review -

 

Embora eu não posso prometer um novo packetinteiro, fui informado de que uma grande parte da base de jogadores Brujah gostariam que o atual seja atualizado. Eu pretendo analisar e ver o que podemos fazer a respeito dessa atualização.

 

Chronicle Support:

  • Annapolis, MD - USA, Vitae Aeternus
  • Atlanta, GA - USA, Whispers of Atlanta
  • Boston, MA - USA, Howl of Revolution
  • Bradenton, FL - USA, Chaos & Entropy
  • Campinas, SP - Brazil, Império das Cinzas
  • Chicago, IL - USA, Dark Requiem
  • Gainesville, FL - USA, The New Confederacy
  • Green Bay, WI - USA, Shattered Dreams
  • Hartford, CT - USA, Dark Colony
  • João Pessoa, PB - Brazil, Eternal Shadows
  • Lakeland, FL - USA, Fear Never Sleeps
  • Lakeland, FL - USA, Lagos de los Muertos
  • Martinsburg, WV - USA, Martinsburg by night
  • New York City, NY - USA, Kings of New York
  • Ouro Preto, MG - Brazil, Dying of the Light
  • Portland, ME - USA, Blackened Veins
  • Rockland, NY - USA, Under The Rock
  • Saint Paul, MN - USA, Obsidian Towers
  • Tampa, FL - USA, Tampa Bay by Night

Coordinator Support:

  • Anarch
  • Archivist 1
  • Brujah
  • Head Coord
  • Kuei-Jin
  • Mage
  • Membership
  • Ravnos
  • Sabbat
  • Salubri
  • Ventrue
  • Wraith